1. Arranjos institucionais e governança metropolitana
Esta linha se volta à investigação dos aspectos históricos, conceituais e regulatórios inerentes à gestão de aglomerações urbanas e espaços metropolitanos. Envolve a discussão de temas como governança urbana e desenvolvimento: atores, papéis e arranjos, integração metropolitana e políticas públicas, funções públicas de interesse comum, Estatuto das Metrópoles, cooperação e governança interfederativa para a gestão de Regiões Metropolitanas, modelos, estruturas e instrumentos de gestão metropolitana.

2. Gestão democrática de cidades e territórios
O objetivo desta linha é avançar no estudo de iniciativas, estratégias e instrumentos voltados à ampliação da participação cidadã no trato das questões urbanas e na gestão da cidade. Envolve pesquisas sobre temas como as funções urbanas e planejamento da cidade, instrumentos de planejamento e regulação urbana, Estatuto das Cidades, participação social e políticas públicas urbanas, gestão de cidades e redes de cidades, ação coletiva, insurgências e movimentos sociais urbanos, formulação da agenda e incidência em políticas públicas, articulação intersetorial na gestão da cidade.

3. Cidades inteligentes, desenvolvimento e inovação
Esta linha investiga as interfaces entre tecnologia, inovação e desenvolvimento de cidades inteligentes, humanas e sustentáveis. Abriga o estudo de temas como desenvolvimento urbano sustentável; resiliência urbana e modelos de transição; inovação, tecnologia, sistemas de informação e sua aplicação no contexto urbano; gestão inteligente de cidades: estratégias, processos e instrumentos; infraestruturas urbanas, sistemas colaborativos e inovação aberta.

css.php